Go ahead, punk. Make my day.

Resumo (1º a 7 nov)

Esta é uma área do Cinefilia na qual escrevo sobre todos os filmes que assisti fora dos cinemas durante a semana. É o mesmo Resumo da Semana da fase antiga do blog.

28 Weeks Later posterExtermínio 2* (28 Weeks Later, Reino Unido/Espanha, 2007)

Extermínio marcou uma retomada e uma virada nos filmes de zumbi. Trouxe novas regras àquele mundo – mortos-vivos velocistas feitos de um tipo de raiva – sem deixar de levar em conta o mito e suas regras mais básicas – algo que só reforça que Stephenie Meyer não inovou, mas desfez outro mito, o vampiro. O sucesso foi conseqüência natural, assim como uma desnecessária continuação. Negócios, sabe como é. Assim, é fácil perceber que toda a primeira metade de Extermínio 2 tem a função principal de justificar sua existência. Conta uma história anterior para introduzir novos personagens e cria drama que vai se refletir mais à frente. Sabe-se que apenas a Inglaterra sofreu com a infecção, o que dá motivação de sobrevivência ao personagem de Robert Carlyle e sua mulher, já que seus filhos estão fora do país. Ele a deixará para trás e guardará esse segredo quando a sociedade inglesa começar a ser retomada. Ninguém precisa ser gênio para deduzir que os filhos saberão disso e as coisas ficarão tensas na família. A introdução de um tipo imunidade ao vírus raivoso também está lá apenas para justificar a reviravolta do roteiro e desencadear os ataques no terceiro terço da fita. Mas não dá pra negar que o diretor Juan Carlos Fresnadillo trabalha duro para manter o estilo criado por Danny Boyle no primeiro longa sem deixar de buscar novas soluções visuais – o bombardeio é um interessante exemplo. Mas ele não foi capaz de segurar as rédeas na montagem, que pisa no acelerador sem qualquer ganho para o filme, ainda que seja feita pelo mesmo Chris Gill do original. E ainda que ótima, a trilha de John Murphy não se renova, mantendo as músicas criadas para Boyle, com a introdução de um ou outro tema. Enfim, Extermínio 2 é um longa que se pendura entre tentar não ser apenas um produto comercial (que é) e dar conta das expectativas dos fãs do primeiro longa. Fica no quase. Nota: 6,5

*Filme assistido pela primeira vez

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s