Go ahead, punk. Make my day.

Crítica: Fúria de Titãs 2

Há dois anos, no remake que deu origem a Fúria de Titãs 2 (Wrath of the Titans, 2012, EUA), Perseu ganhou um background um pouco mais digno que no Fúria original, de 1981: saía o “amor que vence qualquer barreira” para a entrada de uma vingança pela morte do pai adotivo. Pois as histórias familiares renderam e pavimentaram toda a trama dessa continuação.

Perseu agora é pai e quer a todo custo proteger o filho dos riscos de qualquer conflito, por outro lado é posto à prova por conta dos deuses mais uma vez: a fé por eles vem desaparecendo e sem as preces dos humanos, os habitantes do Olimpo se enfraquecem e titãs como Cronos planejam, assim, despertar e espalhar o caos. No meio de tudo, Zeus (Liam Neeson) é capturado e sua força vital será a fonte para o despertar do titã. Para salvar o pai e tentar manter o mundo pacífico ao filho, Perseu empunha a espada mais uma vez.

Mas antes de parecer que se trata de um drama familiar mitológico, em poucos minutos Fúria 2 deixa claro que nada mais é do que um divertido filme de ação/fantasia. Baseado nos muitos efeitos visuais e na direção vigorosa de Jonathan Liebesman, a produção simplesmente não tenta ser mais do que é, desenvolvendo os personagens no mínimo possível para que sirvam à trama, a exemplo de Agenor, o filho de Poseidon. Vivido por Toby Kebbell, sua importância é ser um alívio cômico, além de indicar um caminho ao herói, que volta na pele de Sam Worthington, mas com menos olhares ameaçadores. Acima daquilo, Agenor não tem grande função em cena, ainda que cumpra o papel com louvor –  e humor.

Contudo, essa estratégia do roteiro de Dan Mazeau e David Johnson deixa algumas baixas, como Andromeda (Rosamund Pike), que não passa de uma rainha-guerreira e interesse amoroso de Perseu, além do poderoso Hades (Ralph Fiennes), cuja função aqui é só capturar Zeus e passar 90% do resto de seu tempo em cena olhando para o irmão-Deus sem ter muito o que fazer.

Fúria de Titãs 2 - 1

Enquanto a direção de Liebesman exige fisicamente dos atores – vide plano longo em que o protagonista sobe em telhados em seu primeiro combate contra uma quimera que invade sua vila –, em alguns momentos ele parece se esquecer do próprio espaço que criou para as cenas, fazendo com que movimentações absurdas aconteçam, a exemplo do momento em que Perseu cai na câmara do Minotauro. Ele segura uma parede que se fechava para livrar Andromeda do esmagamento, ela passa sobre ele, contudo, no momento em que não consegue mais manter a parede parada, cai sem grandes explicações de onde teria surgido tal vão, mesmo que segundos antes outra personagem pisara ali.

Fora que partindo dali há um tremendo anticlímax: um dos momentos mais empolgantes do longa é justamente quando as paredes de um labirinto pelo qual passam os protagonistas começa a se fechar, com imagens claustrofóbicas e montagem ágil, mas que vai achar desfecho num combate apressado com o Minotauro, o qual mal é visto, ficando escondido em cortes acelerados e na fotografia escura. Além de se tornar um tipo de chefe de fase, como num videogame, que dá o passe ao próximo e mais desafiador inimigo.

Em contraponto, Cronos não é o quase desperdício que foi o Kraken no longa anterior, ainda que o desafio de Perseu montado em seu Pégaso seja muito parecido com o do titã original. Tudo bem, o 3D é usado com intensidade e o ótimo efeito criado pelo ser de lava e pedra dão origem a um bom espetáculo – o qual exige um pouco de compreensão, mas entretém e, em última análise, é família.

Nota: 7

Fúria de Titãs 2 - 2

Anúncios

One response

  1. Fúria de Titãs 2 foi realmente um dos filmes que eu mais gostei de 2012, mas eu também adorava o Hobbit, naquele ano eu gostei muitos filmes assim! Muito bom os dois!

    25 de Julho de 2014 às 4:25 PM

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s