Go ahead, punk. Make my day.

A cena da boate de Cisne Negro

Um dos melhores filmes dos anos 2000, Cisne Negro é um filme complexo e que foi chamado de “terror para quem não gosta de filmes de terror”. O arco dramático da protagonista vivida por Natalie Portman é doloroso, belo e aterrador. Ela deixa para trás a inocência para aflorar seu lado escuro e se transformar no tal cisne negro.

Há um momento muito claro que aponta essa transformação. Ele começa na boate e termina em sexo. Por ser tão bem feito, o longa abusa da montagem e de mensagens subliminares nesse instante, que só mesmo por meio de um estudo detalhado, quadro a quadro, é que podemos perceber a genialidade da produção.

Na longa figura abaixo, você consegue perceber o mundo na cabeça de Nina quando o cisne começa a surgir. Eis o terror e deleite.

Cisne Negro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s